SEGUIR POR E-MAIL

quinta-feira, 13 de junho de 2013

PORÃO




Toda poesia esconde um porão escuro.

Às vezes, o poeta abre a porta do porão e entra, 

outras, 


ele abre ...


e deixa a escuridão sair.


Nenhum comentário:

Postar um comentário