SEGUIR POR E-MAIL

terça-feira, 23 de julho de 2013

LÍNGUA




O burburinho contínuo dos lugares públicos
                                         
é a única verdadeira
língua universal






Um comentário: