SEGUIR POR E-MAIL

segunda-feira, 8 de julho de 2013

A DOSE EXATA




Viver já me é vago...

Vago demais pra se viver
E vazio demais pra se morrer

Hoje eu e meu fóssil
Reflexo de meus pesares
Dividimos o mesmo quarto escuro

Feito para os que não souberam

Amar e odiar na dose exata

Nenhum comentário:

Postar um comentário