SEGUIR POR E-MAIL

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Anteontem desesperei, ontem estava bem - quase morri - hoje tudo que quero é morrer - amanhã não sei - este não saber é que me mata - é o que há de me matar depois de amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário