SEGUIR POR E-MAIL

terça-feira, 8 de abril de 2014

TUA SAUDADE





Tua saudade em mim mal te espera partir
para me avisar ardida que estou já sem ti
Meu corpo reclama a ausência do teu
e meu coração tão fiel torna-se ateu

O tempo que te ausentas me é tanto
que em mim tudo é dor e desencanto
mal suporto da noite a chegada
e ansiosa te espero na rua, na estrada

Sei que me beijas ao sair em meu sono
Sei que me cortejas até os sonhos
Sei que é longo o dia sem tua presença

Hoje não te vás, não me dá tua ausência
Hoje fica mais e me cura de qualquer doença
Hoje casa comigo de novo - eu te proponho.






Nenhum comentário:

Postar um comentário