SEGUIR POR E-MAIL

terça-feira, 2 de abril de 2013

MOMENTOS

Muito sábia é a ostra
que bem esconde o seu tesouro






Para bem filosofar é preciso a vida não viver,
pois não se é racional nas paixões
e não se vive sem paixão







A montanha é grande, muito grande, 
mas não é feita de outras montanhas grandes
e sim de pedrinhas bem pequenas
que nunca, porém, deixaram de acreditar
que um dia seriam montanha grande, muito grande.







Mesmo salgada a água do mar
água azul não deixa de ser;
Como minh'alma, que mesmo turva, às vezes,
alma de luz não deixa de ser










Nenhum comentário:

Postar um comentário