SEGUIR POR E-MAIL

domingo, 14 de março de 2010

Coitado do coelho

Quando a raposa olhou o rabo tinha um rabo de coelho
E o coelho quando olhou tinha um rabo de galinha
E o coelho, inconformado, disse, então, desesperado...
Mas galinha nem tem rabo! Mas galinha nem tem rabo!

E a galinha desrabada, feliz, batendo asa,
Disse rindo em gargalhada
Rabo tenho, sim, senhor,
Espere só até sentir
O que é que dele vai sair


                                                                          cócócó cócócó

Cóóóitado do cóóóelho
Perdeu o rabo pra raposa
do galo virou esposa
e em vez de pum, minha nossa!
agora ele só vai fazer cócó
                                                                         cócócó cócócó

Um comentário: