SEGUIR POR E-MAIL

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

DESMAIOS
















Quando ouvi seu adeus
Foram dois os meus desmaios
Duas mortes em uma cena:
Uma de esquecimento e lapso
Outra de nascimento e nada...

Navegar nem sempre é preciso
Viver assim de partidas é mais que morrer.

Morrer assim repartido é mais que viver por viver.













Nenhum comentário:

Postar um comentário