SEGUIR POR E-MAIL

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

ILHA



 
 
 
 
Levei um poeminha pra dentro do mar...
bem no meio do mar
e lá plantei o poeminha
entre mariolas,
minissereias
e estrelas-do-mar-cadentes

Meu poema-semente
adubado em tanto mar
brotou
cresceu
e numa ilha de rimar
se transformou...

agora vou me mudar pro meu poema
habitar minha ilha de poesia...
e entre uma e outra rima
ser um enjambement:
 
 
morar no meu poema
como ele mora em mim







Nenhum comentário:

Postar um comentário