SEGUIR POR E-MAIL

domingo, 23 de setembro de 2012

DECLARAÇÃO



2 comentários:

  1. Eu fico sempre em silêncio após o verbo amor ser conjugado.
    Interessante sermos escolhas, escolhidos.
    Importante ser este todo que escolhemos e necessitamos,
    agora voce não é só o leandro, voce é anseio, parte importante de um todo que precisamos reconhecer e ler , reler.
    Entre os silêncios existe poesia,e as vezes a alma do poeta machucou-se(?) e silenciou.
    Estamos em silêncio e esperando.
    Seu tempo sutil, mas, frida kahlo, este tempo, curado,liberta aos poucos seu verbo, nosso meio poético de enxergá-lo.
    Tateando te encontramos, com jeito.
    Pulsátil,declarativo.
    Aninhá-lo, em mil abraços.
    Estamos aqui, ás vezes feito mil pedaços, mas juntos para caminhar nesta jornada de lembranças, destas velhas lembranças. Paz poeta.

    .

    ResponderExcluir