SEGUIR POR E-MAIL

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

AGRIDOCE




sou só um homem só
que precisa da palavra
nua, nau, aguda e suada...
eu de alpargatas, ela em tailleur.

- assim como quem anda e carece do passo:
com ânsia militar e resignação
- só pra não sufocar da própria respiração
e da descomunal mediocridade
que me faz igual ao que é igual
tanto no agridoce, quanto no cordel
tanto no saleiro quanto no sal.





Nenhum comentário:

Postar um comentário