SEGUIR POR E-MAIL

quarta-feira, 22 de junho de 2016

SUSTO










Amar 

precisa 

ser 

sempre 

um 

susto


 

ser um arrepio

uma queda livre 

um vão entre vãos 






pois tudo é perda, senão

tudo em vão

tudo 

é 

nada












Nenhum comentário:

Postar um comentário