SEGUIR POR E-MAIL

sexta-feira, 25 de julho de 2014

OLHAR





Olha-me o Olho 
Que me molha a alma
e de Dentro
pra fora o Olho molha


O luar não contenta
quando o Olho Molhado
O Olhar não sustenta










Nenhum comentário:

Postar um comentário